20out

Adeus tristeza, não volte mais!

Postado por às em Relacionamento

12

Eu estava fazendo uma auto análise de olho no meu comportamento esta semana, não sei por que cargas d´agua eu resolvi desenterrar duas coisas da minha vida nesta segunda feira: os cds de axé de 95, 97 e os cds da cantora mexicana Thalia, muitos já sabem, fui fã dela na minha adolescência, uma curiosidade pra quem não sabe, uma das minhas filhas chama Thalia, adivinha por que? Risos.

Eu fui e voltei para o trabalho todos esses dias ouvindo esses cds e me senti muito bem, observei que lembro de cada coreografia e também de cada letra dos 5 cds da Thalia que estão no meu carro. Eu não sei se vocês também são assim e observam o próprio comportamento, mas eu fiz isso e concluí que essa não é a primeira vez que faço isso, acho que toda vez que eu preciso me recuperar, me sentir bem esses dois pontos são importantes, não pelas músicas, mas acredito que por que foram momentos da minha vida que eu me senti feliz, em paz, sem muito peso nas costas.

Acho que essa foi a forma que eu encontrei de superar as coisas que eu sempre tranquei nos últimos tempos, que sempre deixei lá dentro. Eu gostaria de poder explicar melhor isso, acho que não consigo, mas o X da questão é que talvez, outras pessoas também recorram a um filme, um livro, uma série que a faça sentir-se assim, livre, leve e talvez seja um tipo de cura sentimental após algum trauma/tristeza/fim.

Conversei com um amigo pra ver se esse conceito existe mesmo ou é coisa da minha cabeça e ufa, eu não estou sozinha, ele me contou que também já ouviu relatos como esse e que até já viveu.

Acredito que isso é uma forma de nostalgia, voltar para o lugar seguro, idealizado, por que não sei se você já observou, mas nós geralmente imaginamos o passado ou maravilhoso demais ou dramático demais, a tendência é sempre idealizar para os extremos. No fundo o que importa pra mim é como trazer essas músicas, essas lembranças estão me ajudando a ficar mais contente, deixar a alegria voltar.

Pra finalizar eu me peguei hoje cedo cantando e pensando num trecho da música da Thalia e deixo aqui pra vocês:

Siempre hay cariño, siempre hay amor
aunque todo te parezca oscuro y sin color
adiós tristeza no vuelvas más
que en la vida no queda tiempo para llorar
adiós tristeza, no vuelvas más
que en la vida no queda tiempo para llorar
adiós tristeza, au revoir, goodbye
que para todo el que busca cariño,
cariño siempre hay

Plugin creado por AcIDc00L: noticias juegos
Plugin Modo Mantenimiento patrocinado por: posicionamiento web