/ Gastronomia

21jun

Quanto custa comer no restaurante Mestiço?

mestiço2

Voltando com a tag mais gostosa do blog, vou contar essa semana sobre a minha visita no Restaurante Mestiço, aquele que é super hypado no baixo augusta. Meus amigos do MBA queriam comer bem, me convidaram para ir conhecer este lugar que ainda não estava na minha lista de places to go, mas sou do signo de lanches né? a gente nunca recusa um bom almoço/janta.

O restaurante Mestiço é uma coisa louca, uma casa tradicional da região da Paulista, com mais de 20 anos de existência, mistura a comida tailandesa com baiana, quando eu li eu fiquei meio, oi? Sim, é uma mistura diferente e você acha que não vai dar certo, mas olha, deu certo demais.

Quando cheguei lá, achei a entrada toda bonita, parece um restaurante muito clássico, confesso que o público não é muito jovem, a decoração é bonita, mas daquelas meio quadradas sabe? O espaço é grande e a equipe é muito atenciosa.

Os migos estavam querendo drinks, eu não estava dirigindo então, me deixei tomar alguns deles… gente, o lugar tem os clássicos e também tem o godoy, o drink que mais me agradou, eu só me lembro que tinha vinho branco, suco de limão siciliano e algumas frutas, foi sucesso, eu tomei 2 e o Rafael também tomou 1. Laura e rafa também tomaram Aperol e teve um outro drink preto maravilhoso, tinha acabado de entrar na carta, era algo com pimenta preta e de acordo com o garçom era afrodisíaco.

godoy

Na entrada pedimos as tradicionais cestinhas tailandesas de massa crocante, estavam deliciosas! De prato principal eu pedi um bife de chorizo grelhado com palmito pupunha à parmegiana, sim! que delícia!

mestico

Pra finalizar eu pedi um creme de chocolate belga, os migos foram de cheesecake e essa sobremesa de tapioca, particularmente eu achei bem feia a apresentação e não teria coragem de experimentar, mas segundo a Laura, estava divino.

Cuscudim - Restaurante Mestiço - 16/11/11

Chegou a tão temida hora da conta! eu já imagina que ia ser um valor elevado, uma vez que tomamos uns 8 drinks, eu acho! Os pratos giraram em torno de 78 reais cada, os drinks em torno de 27, as sobremesas entre 27 e 35, logo, se você já fez as contas ai, deu mais de 200 reais por cabeça. Agora se você for jantar e não beber tantos drinks, o valor pra jantar no mestiço vai ser em torno de 110 -150 reais.

Eu gostei bastante da comida e do atendimento, super rápidos e prestativos, ganhamos até um drink grátis por conta de que o garçom se acabou de rir por que passava e ouvia as histórias que contávamos (imagine!).

Mestiço

Rua Fernando de Albuquerque, 277 – Consolação – São Paulo

http://www.mestico.com.br

14mai

Conhecendo novos lugares: Restaurante Andiamo

Postado por às em Episódio de Hoje, Gastronomia

Andiamo

Umas duas semanas atrás estávamos eu e o Jader dando uma volta procurando por um novo sofá pra sala dele, depois de entrar em algumas lojas, a fome bateu, eis que demos uma volta pra procurar um lugar legal e de cara o cardápio na frente do restaurante Andiamo me chamou atenção.

Eu amo comida italiana, mas eu ainda não conhecia esse lugar, inclusive, era aquele famoso dia do nhoque, o dia que vc bota uma moeda embaixo do prato e sei lá, tem sorte depois da refeição, risos.

Chegamos, sentamos e mais legal ainda, dentro do shopping – estávamos no D&D – tava rolando um trio de jazz tocando ao vivo, uma graça. Pedimos o couvert, eu amo couvert! veio um duo de pastinhas deliciosas e um pão divino, sabe aquele pão artesanal, que vem quentinho? Foram umas 3 rodadas de couvert!

antipasti

O prato que escolhi era tipo um main course, pra quem não sabe, vem entrada, prato principal e sobremesa por um preço único, acho que o valor era tipo 42 reais. Minha entrada foi um carpaccio, não achei que estava muito bom, aproveitei e comi mais um pãozinho, rs. Depois chegou o gnocchi, humm um prato bem servido, a massa bem gostosinha e o molho bem equilibrado.

Esqueci de falar das bebidas, o Jader pediu uma taça de vinho e eu um suco, já que estava dirigindo e sou dessas que se bebe uma gota de álcool não pega no carro, inclusive recomendo.

andiamo-gnocchi

Depois chegou a hora da sobremesa, a hora mais feliz! era um mousse de chocolate, eu adorei, achei bem gostoso, com um chocolate bem bom sabe? Jader achou muito doce, mas ele não é muito de doces. Achei o atendimento ótimo, os garçons sempre prestativos e atenciosos, foi uma bela surpresa. Acho que o total da conta deu 75 dinheiros pra cada um, achei bem ok pra um kit completo, rs.

Ah uma dica boa: o prato era bem grande e eu não consegui comer tudo, pedi pra embrulharem para viagem e eles foram bem fofos e a embalagem que eles mandaram é melhor que muita tupperware por ai, fica a dica.

Depois desse dia eu comecei a reparar que o Andiamo faz parte de uma rede de restaurantes grande, que estao no mercado tem 20 anos e acabei cruzando com outras unidades e também tem delivery, achei muito legal! Inclusive recebi indicações para experimentar o penne ao limone.

Bom é isso, só vim aqui deixar mais essa dica pra vocês.

Beijos

03mar

2 Restaurantes legais em Curitiba

Postado por às em Gastronomia, Quanto custa?, Viagem

58out_ros_curout_ros_cur-850x566

Eu recebo muitos feedbacks quando resenho restaurantes e sabe o que é mais legal? Durante a minha viagem para Curitiba, nós usamos a internet para basear nossas escolhas gastronômicas. Sendo assim, acredito que esse texto em algum momento vai ajudar algum viajante planejando sua viagem, ou alguém que esteja perdido procurando onde jantar em Curitiba, entao listei 2 restaurantes legais por lá.

As opções em Curitiba são muitas, a grande questão é que estávamos em época de ano novo, ou seja, nem tudo abria!

Forneria Copacabana

iguacu3-1190x670

No primeiro dia escolhemos jantar num lugar legal, fizemos uma busca pela rede e descobrimos o Forneria Copacabana, um lugar que a priori me surpreendeu pela beleza! Com pinta de lugar refinado, o restaurante tinha dois ambientes, um ao ar livre e outro mais fechado, claro que lá fora estava lotado, então, restou-nos a opção de ficar na parte de dentro e observar as paredes com pinturas diferentes e a decoração interna.

Sentamos do lado da adega (risos) e eu já pedi uma taça de vinho, já que não estava dirigindo! Eu pedi um salmão com legumes e o boy foi de risoto. Achei a comida super gostosa, barata e o atendimento muito bom.

Conhecendo os restaurantes de #Curitiba #wine #vinho

Uma publicação compartilhada por Taína Sena (@tainasena) em

Me lembro que o total da nossa conta deu algo em torno de 160, eu achei bem tranquilo, comparando com o custo SP.

Mangiare Felice

Fachada – Viajar é preciso

 

Em plena virada do ano nós não sabíamos o que fazer em CWB, vários hotéis e restaurantes ofereciam jantares de Ano Novo, mas ou era um olho da cara ou totalmente sem graça. Curitiba não é um lugar pra badalar no final do ano, esteja avisada! Resolvemos então partir para o restaurante italiano Magiare Felice, que recebia muita gente, teve espera, mas foi bem tranquila.

Pedimos um tradicional nhoque e dessa vez resolvi não beber, ano novo, hábitos novos! O lugar é bem tradicionalzão italiano, com bastante gente animada, garçons atenciosos e muita fartura! Sem or, o prato era enorme, sobrou e pedimos pra embrulhar e entregamos para um morador de rua. O lugar é todo decorado com peças e mapas que fazem referência a Itália, tem até uma capela sistina inspired.

Os preços também são bem amigáveis e acho que foi mais barato, por que dessa vez não bebi vinho! Deve ter dado 120 reais.

mangiare-felice

Os dois lugares são bem diferentes, mas recomendo ambos, com boa comida, bom atendimento e ambientes agradáveis. Se você não sabe onde jantar em Curitiba, já tem duas dicas!

07dez

Os 5 restaurantes que quero conhecer

Postado por às em Gastronomia

5 restaurantes que eu quero conhecer

Não é segredo pra ninguém que eu gosto bastante de gastronomia, de conhecer novos restaurantes e pratos diferentes, por isso, eu sempre mantenho uma lista de 5 restaurantes que quero conhecer e vou tentando ajustar a minha agenda e a dos amigos, por que né? Eu não sei vocês, mas eu não gosto de sair pra jantar sozinha.

Eu fiz essa listinha com base no que li por ai e as escolhas são bem diferentes umas das outras, espero conhecer todos durante 2017, bora lá?

top10-Biyouz1

BIYOU’Z Restaurante Afro –  o restaurante é simples, fica no centro de SP e me despertou interesse por não conhecer nada da culinária africana. Os pratos têm ingredientes já conhecidos como carnes e banana da terra, mas o modus operandi e os temperos vêm direto da África. Os preços também são bem convidativos, há boatos que irei visitar na próxima semana, não nego, nem confirmo.

esther rooftop

Esther Rooftop – mudando totalmente de estilo, o novo restaurante do Olivier Anquier está mais que na minha lista, primeiro amo o chef, segundo fica na cobertura do edifício Esther, construído em 1930. A ideia do restaurante é exaltar os produtos brasileiros, numa mistura de alimentos comuns na nossa cultura com classe e contemporaneidade.

rendez vous

Rendez-Vous – passando ali pela rua Fradique Coutinho eu avistei a fachada e  surgiu o interesse imediato por conta do título do lugar, a palavra que dá nome ao restaurante é muito interessante, estava pesquisando sobre elas dias antes, significa “encontro”, mas no século passado, também era utilizada para dar nome aos prostíbulos onde os ricos e famosos da época “circulavam”. A proposta dessa casa é trazer comida francesa simples, sem frescuras, os preços também são convidativos.

Restaurante Myk

MYK – eu não sei nada sobre comida grega, sobre a Grécia mesmo, só me lembro de alguns filósofos das aulas na época da faculdade, mas eu acho a arquitetura desse restaurante linda demais e quero comer lá só por isso.

maní

Maní – o restaurante é criação de dois chefes renomados, o menu degustação anda em torno de meio mil reais, risos, mas tem pratos do cardápio normal que atende nós, réles mortais. Mais um restaurante que tem como objetivo enaltecer os ingredientes brasileiros, com requinte e diversificação, utilizando combinações diferentes e improváveis. Quero ir testar por essas combinações e claro, também pelo hype.

Na verdade, a minha lista tem muitos restaurantes, mas o budget não acompanha a listinha! Se você já foi em algum desses restaurantes em São Paulo, comente aqui sua experiência.

27nov

Como é o Al Janiah?

Postado por às em Gastronomia

 

al janiah

A ideia de conhecer o Al Janiah veio de algumas conversas com uma pessoa que é aquelas que eu chamo de 200% humanas, aquele tipo de pessoa que gosta de beber na Roosevelt e sair de um filme cult e passar horas discutindo, ou seja, 70% dos meus amigos, colegas e crushes.

O lugar é em tese, um restaurante que mistura comida árabe e palestina com música e militância. A ideia central é ser um ponto de integração entre a cultura dos refugiados e a necessidade dos brasileiros de um local que ofereça cultura do Oriente Médio.

O nome Al Janiah faz referência a um vilarejo que fica na Cisjordânia, parte de territórios palestinos ocupados por Israel.

al janiah frente

Chegando lá, observei que na verdade o lugar mais parece um bar, iguaizinhos aqueles da rua augusta, eu diria que é bem informal, e bem menos como um restaurante. Um amigo já tinha me alertado que, caso você queira comer, deve chegar mais cedo.

Algumas mesas e cadeiras do lado de fora, a tradicional galera em pé, dentro a cena também se repete, algumas mesas espalhadas, algumas pessoas em pé, um ambiente simples, pequeno, mas cheio de significado.

No dia que visitei rolou um evento especial, era um trio que misturava jazz com música árabe, que por muitas vezes me deixou hipnotizada, achei muito interessante.

Uma hora em meio a música e cervejas, resolvemos comer, concorridíssimo qualquer espaço, conseguimos nos ajeitar perto do balcão do bar, uma vez que não sabíamos que era necessário pedir uma mesa no caixa (fica a dica). Eu pedi um wrap de falafael com tomate, estava uma délica, sério. O boy pediu um prato chamado Fatha, que era algo com berinjela, experimentei um pouquinho, gostei, mas como tinha um molho x branco, eu evitei. Segundo ele, estava muito gostoso e melhor ainda, bem servido.

Jantar arábe

Uma foto publicada por Taína Sena (@tainasena) em

Sem dúvida alguma, a comida é sensacional e barata, essas duas comidinhas + uma Heineken de 600ml saiu por 45 dinheiros, quero experimentar mais coisas.

Em resumo, o lugar é muito interessante, a comida boa e tem toda a questão ideológica e política envolvida, eu acho que vale muito a pena.

Plugin creado por AcIDc00L: noticias juegos
Plugin Modo Mantenimiento patrocinado por: seo valencia