/ Vinho

27out

Indicação de Vinhos: Vinho Verde

Postado por às em Gastronomia, tipos de vinho, Vinho

vinhoverdeportugal

Você conhece o vinho verde? Como admiradora de Vinhos, eu fui surpreendida quando recebi uma caixa do pessoal do Club des Sommeliers para comemorar a chegada da primavera, na caixa veio um vinho verde português e um espumante. Fiquei super curiosa para experimentar e entender um pouco mais sobre esse tipo de vinho.

Antes de tomar, eu conversei com algumas pessoas que conhecem bastante de vinho português e de cara, me disseram que é um vinho para ser tomado durante uma refeição, não  num happy hour com petiscos.

Sua origem: Portugal

Fazendo algumas pesquisas, descobri que o vinho verde é originário de Portugal e que pode ser tinto, branco ou rosé, o nome verde, diz a lenda que vem da região onde ele é produzido, que tem uma grande área verde, ou seja, o vinho verde não é verde! Mas também pode ser por conta do tempo de colheita das uvas, fazendo oposição as uvas maduras, o que atualmente não é verdade, pois elas são colhidas exatamente quando estão prontas.

vinho verde

Bom, depois de entender um pouco sobre, eu fui pensar no que cozinhar para servir com esse tipo de vinho, obviamente segui as referências que diziam que fica bom com peixe, fizemos carpaccio de salmão, arroz integral, legumes assados e incluímos também um filé mignon, risos. Convidei o amigo Bruno para ir almoçar em casa e fizemos um super almoço e fui incrivelmente surpreendida! Ele era extremamente suave, com aroma frutado  e o sabor super fresco e também frutado, com um leve toque de espumante, sabe?

vinhoverde

O vinho é o Club des Sommerliers – Vinho Verde – 750ML, feito com as uvas Arinto, Trajadura e Loureiro. Tradicionalmente fica melhor com peixes e mariscos, sempre deve ser servido na temperatura entre  6  e 8 graus .

Almocinho especial com o @barreto1989 e vinho verde do @clubdessommeliers

Uma foto publicada por Taína Sena (@tainasena) em

Eu gostei bastante e acho que é uma alternativa interessante para um jantar ou almoço mais suave, com a família ou se você quiser impressionar o crush com um vinho diferente! não é  de sabores muito complexos e o fator preço também agrega! A garrafa custa R$33,25 – um bom custo benefício né?

Saiba mais sobre o mundo dos vinhos!

13set

Guia de Vinhos – Glossário básico

Postado por às em Bebidas, Gastronomia, Vinho, Você rica

winebarrels

Depois do primeiro post Guia de Vinhos – As Uvas, eu resolvi escrever um pouco sobre alguns termos que você sempre vai encontrar, tipo um glossário básico, seja num aplicativo de vinhos, num blog especializado em vinhos ou em um programa de gastronomia.

Eu já me perdi muitas vezes e confesso, morria de preguiça de pesquisar o que significava cada coisa, uma vez que a vida é corrida né?  Muitas vezes até achei bobeira utilizar esses termos, mas quando você começa a beber vinho, isso se torna um fator importante, principalmente se você gosta de compartilhar e ler resenhas naquele app Vivino.

guidadevinhos

Chega de ficar sem entender os termos básicos da arte de beber vinho. Então, se você quer saber um pouquinho mais sobre eles, bora:

Acidez: é uma característica que dá o equilíbrio ao vinho, por exemplo: quando uma uva fica muito madura, ela consequentemente se torna mais doce e a acidez cai,  a grande sacada é o produtor conhecer exatamente o melhor período para colheita. Quando você bebe o vinho, percebe a acidez nas extremidades da língua, quanto mais você salivar, mais ácido ele é.

Adstringência: é aquela sensação de boca seca, me lembra aquela sensação de comer um caqui verde, sabe? lembra aquela palavra “caqui tá marrando!” – Em bons vinhos você não vai sentir essa “marra” tão forte.

Afinado: quando o vinho está envelhecido, tá bem equilibrado.

Complexo: quando o vinho tem muitos aromas diferentes, é eu sei, você ainda vai aprender a compreender os aromas posteriormente.

Retrogosto: ô palavra estranha, mas é basicamente o gosto que fica na boca depois que você bebe o vinho.

Tanino: quem nunca ouviu falar dos taninos? É uma substância derivada das sementes e cascas e é responsável pela adstringência do vinho.

Terroir: clássica palavra! Significa literalmente o solo onde as uvas foram plantadas, mas ai inclui-se ambiente, clima para que seja compreendida todas as características do vinho.

Bom, essas são as palavras básicas para um iniciante em vinhos, já está num belo caminho se conhece a maioria delas e seus significados. Eu gosto de escrever e simplificar os conteúdos, torná-los mais acessíveis e de fácil compreensão.

Em breve novos posts sobre vinhos e cia.

Plugin creado por AcIDc00L: bundles
Plugin Modo Mantenimiento patrocinado por: seo valencia