01jul

Pequenas misses e a frustração materna

Postado por às em televisão

pequenasmisses

Eu posso dizer que sou uma mãe com uma cabeça bem aberta e pensamentos que vão contra muitas mães com quem eu convivo, eu não sei vocês, mas perdi umas horinhas para assistir o programa Pequenas Misses, transmitido no Brasil pelo canal pago Discovery H&H onde não suportei ver alguns comportamentos e me deu vontade de escrever sobre.

Lindas meninas com vestidos carregados de lantejoulas, brilhos e canutilhos, maquiagem carregada, unhas postiças e pasmem, dentadura, peruca, bronzeamento artificial, fazem parte do traje básico para um concurso de miss nos EUA.  Mães fazendo micagem para as crianças de 3 a 7 anos durante a apresentação, coisas como: “manda beijo pros jurados” “sorria” “dá uma volta” e outras que repetem as coreografias ensaiadas por semanas no intuito de fazer com que a filha copie e se saia melhor no concurso.

honeybooboo

Mas o que pega mesmo é ver o que essas pequenas mocinhas soltam durante o programa, eu tive a pachorra de anotar: “Uau! Eu sou melhor que elas”Sou melhor do que as outras” “Dinheirooo” ou quando não dá certo: “Ah eu fui muito ruim, não fiz nada certo”. Eu não entendo porque uma mãe submete uma criança a passar por esse tipo de exposição e principalmente por esse tipo de situação de julgamento, stress e sentimento de incapacidade e de comparação com as outras pequeninas.

“é um retrato cruel do tipo de relação que o mundo contemporâneo aponta para os pais estabelecerem com seus filhos” Rosely Sayão

pageant+girl

Em alguns casos também é possível observar que este tipo de tratamento desenvolveu na criança uma “personalidade” cheia de egoísmo, falta de educação e prepotência. Isso é bom para tua filha? Eu acredito que não. No fim vejo pais e mães frustrados e que colocam nas filhas todas as expectativas e sonhos frustrados, ignorando o real bem estar da criança, ignorando a possibilidade de ser uma atividade que nada agrega na vida de uma menina ou pior, que pode gerar um transtorno futuramente ou então ser um problema na educação da criança.

  • Cintia

    Ola Taina! Eu já assisti alguns episódios do Pequenas Misses e também fiquei abismada!!! Ver aquelas meninas já tão compenetradas e preocupadas com a aparência, em uma fase da vida que deveriam curtir, brincar, sem ligar para dinheiro e toda essa decepção quando perdem e se sentem mal (algumas mães do programa tentam consolar, mas colocam tanta pressão que as meninas sofrem demais [além do carão da mãe e a cobrança “da proxima vez você tem que ganhar”]). Isso pode levar a disturbios muito graves no futuro, e os pais nem ligam, como você disse, frustrados!!! Só para finalizar, não sei se você viu, mas em um ep a mãe enchia a criança de confeitos de açúcar para que ela aguentasse a competição, pois já estava cansada!!! =O ABSURDO!

    • Taína Sena

      Oi Cintia, eu não vi esse ep, sem or! ainda bem que não, que absurdo! Eu honestamente só posso crer que elas estão projetando nas crianças, pq né? pra que expor assim essas pequenas lindas?
      Bjus, obrigada pela visita!

  • Oh, my! Este é daqueles temas que, só de falar nele, me dá engulhos de tristeza. Eu só me comecei a interessar verdadeiramente por beleza aos 13 anos e foi SEM PRESSÃO nenhuma; e normalmente a minha make consistia em apenas lápis, batom e rímel, e mais tarde eyeliner. Agora, com 19 anos, eu adoro maquilhagem e já faço o pacote completo – mas não me consigo imaginar andar com a cara cheia de betume desde pequenina. DE. MODO. NENHUM.

    Este tipo de coisas devia estar categorizado dentro da categoria de exploração e abuso infantil. É simplesmente desprezível o que estes pais (sim, são as mães que maioritariamente acompanham estas meninas, mas o pai também tem responsabilidade, SEMPRE) fazem a estas crianças.

    Nâo têm infância, não têm uma experiência de vida normal, crescem sem valores de altruísmo e modéstia… simplesmente crescem como pequeninas Paris Hilton versus Cruela Devil. Desde tenra idade que são adultas. E isso é assustador.

    http://lemaodoce.blogspot.pt/

  • Vez ou outra vejo algo relacionado a essas pequenas miss e fico muito “de cara”, não sou mãe, mas tenho bom senso o suficiente para ver o quão errado é tudo isso! Fazer um book ou tirar fotos da criança para um catalogo? OK! Ela ainda será criança e aproveitará ao maximo. As fotos seriam só mais um divertimento.
    Mas esse negocio de competição, entupir as crianças de maquiagem, as vezes até deixá-las mais “sexys” é totalmente ridiculo, como vc mesma colocou no texto, elas crescem frustradas,egoistas além de perder toda a infancia. Simplesmente ridiculo e ,na minha humilde opinião, deveria ser proibido

    • Taína Sena

      Oi Vanessa, obrigada pela visita!

      Eu tenho dó dessas crianças, do futuro e como isso pode influenciá-las.

  • WILLIAM HADDAD

    eu até ia fazer um comentário, pois bem antes de ser moda esse tipo de “coisa” ser mostrada em canais de assinatura, eu já havia acompanhado em outros veículos de mídia, e em sua postagem vc me sintetizou bem, faço das tuas as minhas palavras…abr

  • marcio

    assisti certa vez uma menininha que ao ser elogiada por estar” linda” de maquiagem ela disse: porque? não sou bonita sem estar pintada??? e saiu chorando de tristeza! lamentavel!

  • Priscila

    Eu gosto do programa, muitas das meninas gostam de estar ali, então não vejo problema, sempre fui vaidosa e minha mãe me ensinou desde pequena a ser, acho isso essencial pra uma mulher, minha sobrinha tem 2 anos e é apaixonada por maquiagem, essas coisas, o problema não é esse, mas sim as mães não darem limites as suas filhas, não darem educação e muitas quererem forças as filhas a participar daquilo….

    • Taína Sena

      Oi Priscila, obrigada pela visita!

      Eu acho que é válido quando é saudável, mas tem muita coisa ali naquele programa que passa dos limites.

Plugin creado por AcIDc00L: noticias juegos
Plugin Modo Mantenimiento patrocinado por: seo valencia