/ dinheiro

26nov

6 reações que todo mundo tem quando cai o 13º

Postado por às em Você rica
mmoney

photo by Untapped

A grande felicidade da classe trabalhadora é chegar no fim do ano e ter o famoso décimo terceiro salário para salvar a pátria de alguns ou para aumentar o aporte de outros. Tem uns que já até adiantaram o recebimento e ficam chupando o dedo nessa época, mas seja qual for o destino desse dinheiro, não há como negar que é uma felicidade recebê-lo, é como se fosse um presente, dá aquela euforia.

Considerando essa e outras pequenas felicidades que dezembro nos proporciona, eu resolvi fazer uma listinha das reações que nós temos quando ele finalmente cai na conta:

Who run the world? Você sente aquele poder, aquela coisa louca com tanto dinheiro na conta e já pensa em comprar aquela blusinha mara, ou aquele batom da MAC

giphy

A felicidade é tanta, que dá até vontade de fazer uma dancinha ridícula no escritório

dancinha

Ai você volta na sua conta, olha e não acredita que tem tanto din din assim

chocked

Depois você começa a fazer as contas e percebe que nem é tanto dinheiro assim

disapointed

Pensa que não vai dar pra comprar aquela coleção nova da Farm com Adidas

no money

No fim você apenas fica feliz por que consegue pagar as contas, ficar no azul e ainda comprar umas delicias para o Natalhappy

06out

Impostos, rendimentos e poupança, você analisa?

Postado por às em Dinheiro, Você rica
Woman Counting Money --- Image by © Kate Mitchell/Corbis

foto by © Kate Mitchell/Corbis

 

Você tem se planejado financeiramente para qualquer imprevisto na sua vida? Eu sempre me pergunto por que as pessoas não tem um plano financeiro, eu sei a resposta, nunca existiu esse tipo de educação e as que se planejam são por instintividade ou aquele lance de amar guardar grana.

Esses dias o Jader me disse que eu penso muito nos impostos, confesso que é verdade, um exemplo disso é que na semana passada uma amiga veio nos perguntar sobre uma proposta de trabalho, minha primeira análise foi ver que a mudança salarial era de 3 para 4k, mas que na verdade ela planejava fazer uma proposta para 5k, eu então comentei que ela mudaria completamente a faixa de Imposto de renda, saindo de 15% para 22,5% e com base nisso, ela deveria considerar os cenários para efetivar tal mudança, uma vez que esse novo trabalho não oferecia um plano de saúde e o VR era bem baixo.

Ela está analisando, mas eu observo que a maioria das pessoas não tem essa preocupação em relação aos impostos ou pensam em fazer um plano de “segurança” e a maioria das vezes isso se dá por falta de informação e por achar que não dá. Sempre dá, é uma questão de se planejar.

Os especialistas em finanças recomendam que sempre tenhamos uma reserva financeira de 6 meses de salário, para qualquer eventualidade, você lê isso e cai na risada, mas essa é a questão, não precisa seguir essa fórmula pra sair desse problema, você precisa adequar suas finanças e criar um “projeto”, que comece pequeno e vá crescendo, o grande segredo é começar.

Eu tenho um plano básico aqui pra vocês criarem o hábito de poupar:

A cada semana você deposita 15,00 na sua conta poupança, ou faz uma programação de depósito de 60,00 por mês, no final de um ano você terá economizado 760,00 fora os juros acumulados: “ ah não é muito dinheiro Taína”, mas você saiu do nada, de sem reserva alguma, para 760,00 que podem te salvar de algum imprevisto sem você ter que entrar no cartão de crédito ou cheque especial.

Este é apenas um plano para você criar o hábito, você verá que vai criar gosto pelo “projeto” e certamente vai reajustar os valores para crescer o seu patrimônio.
Tenho certeza que 60,00 reais por mês não te fará mais pobre e a satisfação de ver o seu dinheiro crescendo ali é muito boa, reconfortante. Espero que você siga o plano e volte aqui pra comentar.

© Getty Images

© Getty Images

12ago

Escolhemos nosso futuro e não pensamos em nosso presente

Postado por às em a vida como ela é, Relacionamento
Lola Créton e Sebastian Uzendowsky em cena do filme "Adeus, Primeiro Amor", de 2011.

Lola Créton e Sebastian Uzendowsky em cena do filme “Adeus, Primeiro Amor”, de 2011.

Escolhemos nosso futuro e não pensamos em nosso presente sempre converso com meus amigos sobre expectativa versus realidade e esses papos chegam a diversos pontos, inclusive nas escolhas que moldam nossas vidas. Ontem mesmo estava falando sobre isso no trabalho e me deparei com um pergunta (que até joguei no Twitter). Será que nos estamos fazendo o certo de maneira errada?

Nos foi ensinado que devíamos estudar, depois estudar mais e conseguir um bom emprego para depois pensar em casar. Ganhe dinheiro, viaje, conheça lugares, ganhe dinheiro, seja independente, ganhe mais dinheiro… Basicamente é isso que as pessoas falam e isso que tentamos fazer. Mas quando chega a parte boa? Quando vamos colher os frutos disso tudo? Claro que aquela viajem uma vez por ano faz parte desse fruto, mas isso é o mínimo que poderíamos dar para nós mesmos. Hoje eu me pergunto: cadê a parte boa de tudo isso?

Eu não estou falando que a vida é uma merda (mas já disse mais ou menos isso nesse post aqui), o que eu quero dividir com vocês é que eu e muitos outros fizemos escolhas. Devemos primeiro trabalhar e se esforçar para depois viver. Primeiro vem o dinheiro, depois você pode ter sua vida e ter uma família, um carro, ou aquele período sabático. Mas por quanto tempo você vai trabalhar para ter dinheiro e ter as coisas que você já quer ter? Quanto tempo vamos usar de nossas vidas tentando chegar a um lugar que não sabemos onde é?

Será que um dia vamos cansar e simplesmente viver? Eu fiz algumas escolhas certas, mas será que no meio do percurso elas deram errado? Fico pensando nisso e não chego em nenhuma conclusão.

Quando vejo que meus amigos do colégio já estão casados com filhos fico pensando se eu dei uma pausa para a vida ou se foram eles que aceleraram. Pode soar um pouco errada essa colocação mas será que os meus amigos que casaram jovens fizeram o errado de maneira certa enquanto eu fiz o certo de maneira errada? As vezes prefiro pensar que é apenas o tempo. Mas fico encucado com isso.

As nossas escolhas nos colocam em certos lugares que nem imaginamos. É como se o nosso eu adulto tivesse dito adeus para aquele eu criança, sabe? Como se tivéssemos dado adeus ao nosso primeiro amor.

Às vezes essas mudanças decorrentes das nossas escolhas podem ser muito boas, mas em outras podem deixar um gosto estranho na boca. Escrevo isso enquanto tento de decidir qual o gosto impera por aqui. E você, o que me diz de toda essa besteira que escrevi acima?

17jun

Aprenda como guardar dinheiro 2

Postado por às em Dinheiro, Você rica

Midsection of young man holding jar full of coins

Esse assunto é interminável, acho que podemos falar sob vários cenários, mas o que eu quero saber neste momento é se você seguiu o conselho do primeiro post e colocou um objetivo por trás de guardar dinheiro?

Eu espero que sim! Desta vez eu vim trazer uma forma diferente para ajudá-lo, vou dar opções mais objetivas para seguir com o projeto.  A primeira delas não é recomendada pelos especialistas em planejamento financeiro e investimentos, mas sim, eu vou sugerir para você meu caro amigo que não consegue guardar um puto na poupança: você deveria investir num título de capitalização, considerando que na verdade não é um investimento real e sim um “jogo de sorte” esse tipo de produto pode te ajudar a criar a cultura de separar um dinheirinho e além de tudo se você for sortudo pode ganhar uma graninha extra (10 – 20k) ou não e apenas resgatar um dinheiro inesperado ao final do plano. Você pode fazer planos de 20, 30 reais por mês, o que convenhamos, você nem vai sentir! É possível tirar o dinheiro a qualquer momento, mas ai entra uma porrada de regra e não vai ser o mesmo valor depositado no total, mas o objetivo aqui é criar o hábito ok?

Sabia que o título de capitalização é mais efetivo que a mega sena? É mais fácil 4x você ganhar com ele do que com a loteria.

banner-guarde dinheiro

Quando eu comecei minha faculdade eu fiz um título de 20 reais, fui até o final e foi legal pegar essa grana toda e botar novamente na poupança. Também fiz um de 50 reais em outra época mas não consegui ir ao final, precisei sacar a grana pra ajudar a pagar a parcela de chaves do apto, me ajudou muito essa grana que eu nem lembrava que tinha.

Uma segunda opção para dar um start no modus “guardar din din” é fazer uma aplicação programada automaticamente via conta corrente, você provavelmente tem uma poupança vinculada a tua conta, pra fazer essa programação é muito fácil, acesse a sua conta no bankline e faça uma transferência de valor para a poupança e selecione a decorrência, programe para todo dia 5 por exemplo um saque de 50 reais da conta corrente para a conta poupança e você nem vai perceber, por que né? 50 reais não dá nem pra ir tomar uma cervejinha de sexta-feira.

Eu acho que as dicas que eu dei são bem básicas e você consegue fazer tudo isso on-line e vai por mim, na hora que você começar a ver o dinheiro aumentando você vai se empolgar mais e mais!

26mai

Aprenda como guardar dinheiro

Postado por às em destaque, Dinheiro

economia

Este título parece bastante sensacionalista, mas na verdade é só para chamar atenção, uma vez que 90% dos meus amigos tem dificuldades e eu sempre fui bem espertinha neste quesito, quero mostrar-lhes como começar a ficar mais inteligente financeiramente falando.

Existem as pessoas que gostam de guardar dinheiro desde sempre (meu caso), existem pessoas que não pensam e não querem pensar nisso, mas amigos, depois de alguns anos essa água bate na bunda e você começa a pensar no futuro.

Mas ai você vira e me pergunta: “Como guardar dinheiro ganhando pouco?” Eu me lembro da época em que eu sonhava entrar na faculdade, eu tinha dois empregos de telemarketing, ganhando algo como 300 reais em cada um, era pouco, eu trabalhava muito, então a primeira dica que eu dou é: tenha um objetivo.

Na época eu guardava dinheiro para entrar na faculdade e conseguir garantir o primeiro semestre de mensalidades, então, fui guardando o máximo possível, me lembro de ter conseguido juntar uns 5 mil reais juntando décimo terceiro e bônus. O ponto que quero chegar neste texto é: quando você tem um objetivo é muito mais fácil conseguir juntar dinheiro, pode ser por exemplo: trocar de carro, fazer aquela viagem internacional (pode ser Buenos Aires pra começar), fazer um curso de extensão, tanto faz, o que importa é o foco.

Beleza! Você encontrou sua motivação e então não sabe mais o que fazer, nunca sobra grana! Vou te contar aqui meu grande trunfo:  você precisa determinar um valor x, comece baixo R$50 – 100 reais e quando receber seu rico salário, você tira este dinheiro da conta e bota na poupança, não importa o que acontecer, vai ser seu desafio, você vai passar este mês sem estes 100 conto! E assim, pelos próximos 6 meses e isso se tornará um hábito! Depois desses 6 meses você deve aumentar o nível de dificuldade desse nível e ao ver mês a mês sua poupança rendendo uma graninha, você vai ver, você vai se empolgar com o processo todo.

Simbora ao primeiro milhão?

 

Plugin creado por AcIDc00L: key giveaway
Plugin Modo Mantenimiento patrocinado por: posicionamiento web