/ Erick Jacquin

29set

Quanto custa jantar no restaurante do Jacquin do Masterchef?

Postado por às em Uncategorized

16145287

Nessa semana eu o Jader e mais dois amigos fomos comemorar o meu aniversário e o Jardinho me deixou escolher o lugar! Então eu pensei nas possibilidades e na listinha das minhas vontades e pensei em ir no Tartar & Co. – restaurante do Erick Jacquin, sim, um dos apresentadores do Masterchef Brasil. O tradicional ali é o tartar né e o famoso petit gateau, especialidade na qual o chef ficou famoso.

Como o nome já diz, o restaurante do Jacquin é especializado em tartare, um prato típico francês basicamente feito de carne crua, picada e bem temperada. Perdoem a pobre descrição, mas creio que você saiba muito bem o que é um tartar.

tartar-and-co-erick-jacquin

Eu cheguei primeiro e fiquei olhando o cardápio, o ambiente é bem gostoso, moderno. O clima é bem gostoso e pode ser um bom lugar para um date, uma reunião de amigos ou um jantar em família.

Nessa semana estava acontecendo a Restaurant Week, tinham duas opções de menu, eu optei pelo menu fechado da campanha, como entrada escolhi um tartar de atum que estava maravilhoso, juro, eu não sou fã de atum e fui surpreendida. Se vocè for num dia normal, um tartar normal vai sair em média 55 reais.

Para o prato principal  eu escolhi um peixe, pois estou na RE né migos? O prato era Pargo ao forno com creme de espinafre que estava uma delícia, confesso que não gostei muito do creme de espinafre, mas ai é uma coisa minha com ele, rs. Para peixes, a média de preços fica entre 55 e 64 reais. Tem um risoto de bacalhau com azeitona preta que me deixou babando por 67 temers.

Pargo ao creme de espinafre

Uma foto publicada por Taína Sena (@tainasena) em

Para finalizar chegou a hora da sobremesa, no menu da restaurant week existiam duas opções, futas ou nougat glacé com calda de pêssego, obviamente escolhi o último, né? Sabe torrone? nougat é tipo isso, só que chic e menos doce, eu amei! lembro de ter comido em Paris uma vez.

Para beber, escolhemos um espumante francês, o preço estava bom, 68 a garrafa, ok né? Sem mencionar que os migos tomaram gin tônica, caipirinha e talz, eu bebi só uma tacinha pois dirigindo. Também olhamos a carta de vinhos que oferecia garrafas à partir de 65 reais, achei bem honesto.

Resumindo tudo, foi um ótimo jantar, gostei muito do espaço, da comida e do atendimento, gastamos em média 150,00 reais, mas teve uma belas cachacinhas, acho que se você se comportar ou não beber tanto álcool, o valor girará em torno de 110 – 130.

Espero que tenha curtido o post e se quiser indicar algum lugar que esteja curioso pra saber quanto custa, deixe aqui nos comentários.

 

17ago

3 lições que o Masterchef e sua semifinal podem ensinar sobre carreira

Postado por às em Gastronomia, televisão, Trabalho

masterchefecarreira2016

Ontem foi transmitida a semifinal da terceira edição do já consagrado Masterchef Brasil. A atração é muito popular, principalmente nas redes sociais, onde mobiliza milhares de pessoas.paola carosella

De um lado Leonardo Young, empresário paulista, com raízes orientais, tem uma família tradicional e no auge dos seus 30 anos já é sócio de um restaurante. Do outro Bruna Chaves, professora, mineira e especialista em confeitaria.

Raquel Novais, 32 anos, disputou a segunda vaga na final, também empresária, queridinha das redes sociais por sua extrema elegância e educação, mas perdeu a vaga, por qual motivo ainda tento entender.

Diante do programa, pensei em listar aqui 3 lições que eu e você podemos tomar e aplicar no nosso dia-a-dia no mundo corporativo:

Trabalhar sob pressão

Os concorrentes foram testados inúmeras vezes no limite da emoção, onde ter inteligência emocional foi fator chave. Nesse ponto, podemos destacar que Raquel esteve nas provas de eliminação e manteve-se muitas vezes mais calma que os demais, já Léo, perdeu a concentração e por muito pouco mesmo não foi eliminado. Tenho certeza de que você passa ou passou por situações de pressão na vida real, em ambientes adversos, profissionais com temperamentos explosivos, conseguir entregar bons resultados, lidar com pensamentos diferentes e saber transitar neste cenário, certamente lhe trará resultados diferentes.

Saber ouvir críticas

O tempo todo o trabalho dos participantes foi avaliado, criticado e cada um recebeu com feedback positivo ou negativo. Saber lidar com essas críticas e transformá-las em resultados positivos separa os bons profissionais dos que tem destaque. Você está sob julgamento o tempo todo, saber lidar com um resultado bom ou ruim é fundamental para crescer ou estagnar sua carreira

 Ser estratégico

Utilizar todos os recursos e extrair o melhor das pessoas é uma questão-chave em qualquer empresa, quem vence é você, mas sem conseguir trabalhar bem em equipe, você até consegue atingir seus objetivos, mas o caminho será mais longo. No reality, os profissionais estão competindo por um único título, o de Masterchef Brasil, mas no meio do caminho existem muitas provas, algumas em equipe, onde ele precisa saber lidar com múltiplas personalidades, assim como no seu escritório/agência. Conhecer os pontos fortes de cada membro da equipe, saber lidar com o temperamento e comportamento de cada profissional com quem tem que trabalhar é uma grande sacada.

Com o programa de ontem, podemos concluir que nem sempre o mais preparado vence, que mesmo com um histórico quase perfeito, um erro pode significar perder uma grande chance e que senso de oportunidade é uma característica diferenciadora.

Masterchef-Brasil-3x22

15jun

2 programas culinários que você deveria ver

Postado por às em televisão

cozinha

Não é de hoje que nota-se um grande aumento do interesse do público brasileiro para reality shows focados em cozinha, o GNT foi pioneiro em trazer esse tipo de programa para a casa brasileira e a BAND e SBT espertas que são, observaram o movimento e fizeram suas versões de realitys já consagrados fora do Brasil com Masterchef e Cozinha Sob Pressão, ambos já em sua segunda edição.

Eu sou suspeita para falar sobre isso, já que quem me segue no Twitter me vê falando muito sobre este assunto, mas não é de hoje que acompanho os programas do GNT, Discovery Home&Health e tudo mais. Acho que o público vem mudando seus gostos, mas no fundo, todo mundo gosta de acompanhar uma competição, de ver as pessoas sob pressão. Eu adoro tudo isso aliado ao prazer de cozinhar, então, separei aqui 2 programas que você precisa acompanhar.

Cozinha Sob Pressão

cozinhasobpressao

O renomado chef Carlos Bertolazzi é o comandante do reality que é a versão brasileira do Hell´s Kitchen, com o querido Gordon Ramsay – se você não conhece esse nome, volte duas casas na vida de realitys. Eu diria que o Bertolazzi é um pouco mais soft que o chef gringo, mas não menos brilhante, bota pressão na galera de 16 participantes divididos em dois grupos e precisam cozinhar exatamente como funciona em um restaurante e em todo programa tem um jantar para 40 convidados. O diferencial deste é que são profissionais participando da competição, o que eleva o conteúdo e resultado dos pratos. Cozinha Sob Pressão é exibido todo sábado às 21:30 no SBT.

Masterchef

elenco-master-chef

Uma versão abrasileirada do reality mundialmente famoso, tem 3 chefs com personalidade forte e carismáticos, que garantem muita pressão e momentos engraçados. Henrique Fogaça, Erick Jacquin e Paola Carosella formam o trio que ensina, critica e pressiona 14 aspirantes a cozinheiros, pessoas normais sem formação em gastronomia que sonham com o prêmio de 150 mil reais + 1 carro e uma bolsa de estudos em uma escola na França. Masterchef faz sucesso exatamente por conta de seus participantes que muitas vezes são surpreendidos com as provas que vão a fazer uma sobremesa com chocolate à depenar um frango.

Nas redes sociais o público vai ao delírio em ambos os programas, torcendo para o seu escolhido e observando os erros da equipe adversária, existem até aqueles que aprendem alguns truques culinários, mas eu gosto mesmo é de ver o povo sob pressão.

Plugin creado por AcIDc00L: noticias juegos
Plugin Modo Mantenimiento patrocinado por: seo valencia