/ inglês

30jul

Os 4 filmes mais superestimados dos últimos tempos

Postado por às em Filmes

CUPCAKE

Ontem conversando com o Jader e inspirado num post no grupo de cinema eu resolvi fazer uma lista dos 4 filmes que eu acho superestimados, essa lista certamente vai gerar uma confusão, por que né? A percepção e gosto de cada pessoa é totalmente variável e não reflete a opinião do mundo inteiro, ou seja, não me venham com 5 pedras nas mãos, afinal é só mais um post com intuito de entreter e obviamente reflete a minha opinião, que pode ou não bater com a sua. Lembrando também que o fato de eu achar superestimado não significa que eu acho o filme ruim, ok?

whiplash

Whiplash – Eu vi o trailer antes de algum outro filme e me encantei, não me aguentava de ansiedade para ver essa história, ainda mais com tantas críticas positivas, chegou a data do lançamento e eu fui com o boy assistir, achei muito interessante, visceral – palavra que muitos usaram para definir o filme. Eu acho que o filme traz muita identificação pois quem nunca teve um chefe parecidíssimo com o professor? Me reconheci ali, mas aquilo ali não foi nada de excepcional, foi um bom filme, mas nada mais que isso.

interstella-gif-

Interestellar – Um mega boom de publicidade e críticas positivas me fizeram entrar no cinema para ver Interestelar, um longa (bota longa nisso!) cheio de teorias em sua maioria difíceis de compreender e com voltas e voltas que acredito eu façam com que o expectador propositalmente se perca no enredo ou se ache burro por não entender conceitos baseados  na teoria da relatividade, começa bem, depois tem uma mega queda e depois vira algo que é muito nonsense. Fora que é extenso de uma forma que eu juro, eu quase dormi em alguns momentos, só não capotei por que o boy estava do lado (risos).

boyhoodgif

Boyhood – Outro filme que ganhou holofotes e eu fiquei curiosa pra ver já que demoraram 12 anos pra rodar, estava em uma viagem longa para Alemanha e surgiu a oportunidade, dei o play e gostei bastante, até me emocionei em alguns momentos, pois eu sou mãe né? Mas olha, dizer que é uma obra prima, principalmente considerando esses 12 anos de produção? Não mesmo. O filme conta a história de um menino até seus 18 anos de idade, mas, crime acontece, nada ocorre, feijoada.

amelie

O fabuloso destino de Amélie Poulain – Acho que foi um dos primeiros filmes “cult” que assisti, acredito eu que uma grande leva também, é um filminho lindinho, cheio de poesia, boa fotografia e música francesa e só.

Lembrando que essa listinha aqui reflete a minha opinião, não se sintam chateados caso eu tenha citado um de seus filmes favoritos, afinal, o que seria do azul se todos só gostassem do rosa?

16jul

Como eu aprendi a falar inglês

Postado por às em Dinheiro, vida

do-you-speak-english (1)

Eu sempre fui apaixonada por inglês, sempre achei maravilhoso, lindo ouvir as pessoas falarem inglês, principalmente nos seriados (pode me chamar de velha já que hoje todo mundo só fala séries), eu me lembro de assistir The OC e ficar fantasiando o dia que eu iria viajar para um país de língua inglesa e quando eu finalmente iria falar inglês.

Mas como todo mundo sabe, o mundo gira, o mundo é uma bola e nem sempre dá pra fazer as coisas, eu venho de uma família humilde, então eu corri muito atrás disso, eu só consegui começar as aulas depois que comecei a trabalhar fora. Minha primeira escola foi a Wizard, eu aprendi bastante, e acho que é uma boa escola para quem não tem base nenhuma, fiquei um ano lá e bum! Eu engravidei! Ai já era né?

ingles

Mas eu era apaixonada pela língua, então estava sempre em contato tentando aprender algo, não era como hoje que tem tudo na internet, mas eu dava meus pulos. Depois que as gêmeas nasceram e a poeira baixou, uns dois anos, eu voltei a estudar e dessa vez eu fiz Cultura Inglesa, era um projeto dentro da minha faculdade, eu tinha aulas aos sábados o dia inteiro, era maçante, mas foi ótimo, uma boa escola, com professores que tinham bastante background. Mas ai não me lembro por que eu precisei parar, acho que foi mais um ano parada e ai eu comecei a trabalhar numa multinacional americana, sempre tentava falar com as pessoas das outras unidades, estava sempre lendo a intranet, que era toda em inglês.

Eis que eu resolvi voltar e com uma parceria entre a empresa, eu comecei a estudar no Cel Lep, e posso dizer para vocês sem sombra de dúvida, foi a melhor escola que eu já estudei, considerando que eu já conhecia a metodologia de duas, a forma como eles ensinam é muito boa, meu nível cresceu rapidamente e eu ganhei muita confiança, tudo bem que eu sempre gostei e nunca tive vergonha de me jogar, lembro que uma vez uma professora me disse: “você fala inglês fluentemente errado”, mas eu falava e eu descobri que o segredo é realmente não ter vergonha de falar, tem que se jogar. Fiquei por 8 meses estudando pesado no Cel Lep e sai da multi americana e fui pra uma alemã que exigiria 110% do meu inglês, então eu me joguei!

Todos os dias eu tinha ~calls~ e muitos e-mails para responder, e foi ai que eu percebi que consegui evoluir mais ainda, ou seja, quando você realmente coloca o idioma na sua vida, isso torna tudo mais fácil de absorver. As pessoas sempre me pedem dicas de inglês e então por isso eu resolvi contar sobre como foi esse processo todo. Se você tiver alguma pergunta, manda ai!

 

Plugin creado por AcIDc00L: bundles
Plugin Modo Mantenimiento patrocinado por: seo valencia