10mar

Tinder e relacionamentos líquidos

Postado por às em Amor, Relacionamento

its-a-match

Todo mundo sabe que eu voltei para o ~mercado~ e obviamente baixei de novo o Tinder, famoso app de namoro, mas eu não me lembrava de como era usá-lo no sentido de  todo o processo de conhecer uma nova pessoa, de se sujeitar ao X e <3 e depois aquele começo de conversa que é sempre meio constrangedor.

Percebi que existem algumas fases e estigmas que determinam a ~relação~ como por exemplo quem puxa conversa primeiro, já começa “perdendo” o jogo e sendo responsável por manter a conversa, manter o conteúdo/interesse. A maioria dos caras começa com aquele papo de: “o que vc faz? Onde trabalha? Gosta de viajar? Bla bla blá. Poucos realmente tentar uma abordagem diferente.

Ai você dá match com um cara que tem um papo diferente, que não tem apenas duzentas fotos de viagem – Hellou! Todo mundo hoje em dia viaja, cara, não precisa ostentar sua viagem pra europa ou beijando os golfinhos, isso já está batido, tente ser mais original que isso! Voltando ao tema, você vai se empolgando com os valores, ideais e já mudam de plataforma, vão para o whatsapp.

tinder-relacionamento

Se depois de uma semana no máximo de conversa vocês não se encontrarem, é batata! Vai esfriar. Mas vocês seguiram a “regra” de se encontrar logo no começo, bate uma química legal, rola uns beijinhos e tal, vocês seguem, rola um segundo encontro, altos papos. Um dia do nada, você repara que a frequência de conversa diminui, ou nem existe mais. Cadê aquela empolgação? Aquelas conversas até de madrugada?

Você segue a vida e fica pensando, o que será que aconteceu? Será que existem muitas opções? Os dois se curtiram, se conversaram pós encontro, mas mesmo assim um dos lados sumiu. Pode ser só falta de real interesse, falta de química onde só um lado achou que rolou, ou pode ser uma porrada de outras coisas. A gente nunca descobre, ou descobre tempos depois.

Esse relato é uma síntese do que anda acontecendo com uma grande parte de mulheres e homens com quem tenho conversado, eu observo que há muita disponibilidade, mas em certo momento isso se perde, é como se fosse muito vazio tudo isso, como se o grande leque de opções estivesse aberto e no final nenhuma das opções preenche a sua necessidade e você segue para o próximo match, em busca da próxima conversa.

Penso, o que está acontecendo com os relacionamentos hoje em dia? O que as pessoas querem? Por que as pessoas mascaram suas reais vontades? Por que precisamos fazer jogos?

Fica o questionamento: os relacionamentos estão se tornando micro-relacionamentos? Não há real disponibilidade? O que está acontecendo?

  • Leticia Viana

    Boa Noite Taina, eu gostaria de manifestar a minha boa sorte em relação ao famoso Tinder.
    A 6 meses atrás havia acabado de terminar um relacionamento e baixei o APP, na busca de me desvencilhar do passado. Vários caras com uns papos ridículos, e mas nada sério. Até que um dia dei um match em um super interessante, parecia bem caseiro e fazia meu tipo. Pulando toda a historia, tivemos um primeiro encontro maravilhoso(o melhor que já tive), e um segundo, terceiro, e assim foi indo, quando fomos ver, estávamos saindo a mais de dois meses com a mesma intensidade do primeiro dia, e fui pedida em namoro por essa pessoa, hoje namoramos há 3 meses com os mesmos ideias, planos e ideias, e o tinder me mostrou a melhor pessoa que eu poderia conhecer, sendo essa meu atual namorado, se quiser depois conto todos os detalhes da historia, mas por hora, quero que outras pessoas saibam que esta aplicativo, em meio a tantas maças podres você sempre encontra uma que vale a pena.

    • Taína Sena

      Oi Letícia!
      Que história linda! Fico feliz que tenha vindo aqui contar e mais ainda de saber que tem gente que vale a pena por ali! Spoiler: conheci uma pessoa bem legal esses dias :).
      Um bju

Plugin creado por AcIDc00L: noticias juegos
Plugin Modo Mantenimiento patrocinado por: posicionamiento web