/ figueira rubayat

24set

Spielmann Estates amplia linha de vinhos e apresenta novas safras de rótulos ícones

Postado por às em Bebidas, Gastronomia, Vinho

A vinícola boutique traz ao Brasil a linha completa do apreciado Pireko e novas safras dos consagrados Viñedo 1910 e Canal Flores

Semana passada eu fui convidada para conhecer os lançamento de 2019 da vinícola Spielmann Estates , fundada em 2010 por Rodolfo Spielmann em Mendoza, Argentina .

Estive entre um seleto grupo de profissionais e jornalistas da área para conhecer os lançamentos:a linha de completa de três vinhos Pireko e as safras 2014 dos renomados Viñedo 1910 e Canal Flores, que estarão disponíveis inicialmente nos melhores estabelecimentos de São Paulo.

Resultante de uma rigorosa seleção de uvas colhidas manualmente, desde 2017, a linha de vinhos Pireko traz varietais de Malbec, Carbenet Sauvignon e Pedro Gimenez. Essa última uva apesar de homônima de uma variedade espanhola, trata-se na verdade de uma variedade autóctone da Argentina, pouco conhecida no Brasil, e que dá origem ao primeiro vinho branco seco da Spielmann.  Esses são vinhos mais jovens, que não passam por barricas de carvalho, eles são frescos e frutados.

Eu adorei a linha Pireko, achei que são vinhos com muita fruta, boa acidez e jovialidade. Fiquei encantada com o significado:

Pireko:  Pireko, que em língua indígena significa “água do degelo das montanhas”, é o mais jovem dos vinhos da Spielmann Estates, criado em 2016. Vem do mesmo vinhedo e terroir da Calle Cobos, resultado de uma rigorosa seleção de uvas colhidas manualmente. Pireko é um vinho fresco e frutado, produzido sem contato com barris de carvalho. São produzidos três vinhos varietais diferentes para Pireko: Malbec, Cabernet Sauvignon e Pedro Gimenez, todas as variedades 100% exclusivas do vinhedo de Calle Cobos.


Fotos: divulgação (Daniel Valenti)

Já a safra 2014 do Viñedo 1910 mantém a tradição de alta qualidade obtida da poda verde de cachos para produzir poucos cachos de frutas concentradas. Enquanto a nova safra do Canal Flores reforça a marca registrada de uma produção de vinhos intensos e puros, com componentes de frutas e uma acidez equilibrada.

As novidades da Spielmann Estates consolidam a reputação da vinícola como produtor premium, com quantidades limitadas de vinhos selecionados, e refletem todo o potencial do terroir e das vinhas velhas. “Seguimos com foco na produção em pequena escala e o minucioso cuidado que torna nossos vinhos capazes de alcançar a riqueza típica de solos de argila e, ao mesmo tempo, a elegância produzida em solos arenosos e pedregosos. Temos uma combinação rica do solo, clima e cuidado, alinhada com a antiguidade do vinhedo”, conta o vinicultor Rodolfo Spielmann.

Localizada na Calle Cobos, em Perdriel, parte de Luján de Cuyo, região de excelência em vinhos em Mendoza, Argentina, a vinícola boutique foi fundada em 2010, especializando-se na produção artesanal de vinhos tintos. Spielmann Estates é um dos poucos vinhedos com mais de 100 anos, ainda produtivos, com base em plantas originais da região, e utiliza sistema de irrigação do centenário Canal Flores que fornece água de degelo dos Andes chegando até a vinícola para a produção de videiras resistentes com raízes profundas.

Foto: divulgação (Daniel Valenti)

O empresário argentino Rodolfo Spielmann, com experiência adquirida ao longo de 25 anos em multinacionais nos Estados Unidos, na Europa e América Latina, tornou-se proprietário de um vinhedo em 2010 seguindo o sonho de produzir um vinho premium especial: são 30 hectares ocupados por parreiras com mais de um século de idade. Junto ao enólogo Pepe Galante – considerado um dos responsáveis por posicionar a Argentina como uma potência mundial no setor –, Spielmann tem como foco produzir uvas e vinhos de qualidade superior aproveitando todas as particularidades da região da Cordilheira dos Andes.  Todos os vinhos são single vineyard, em que todas as uvas usadas são provenientes deste vinhedo.

Os vinhos da Spielmann Estates podem ser encontrados em estabelecimentos como Tuju, Jean Georges Tangara, Forneria, Seen do Tivoli, Cantaloup,, Figueira Rubaiyat, La Frontera, Martin Fierro, Barbaro, entre outros, de São Paulo.  Também estão disponíveis em alguns varejistas em São Paulo, e sob encomenda pelo site www.spielmannestates.com.

 

 

24jul

Quanto custa jantar no Figueira Rubayat?

Postado por às em Quanto custa?, Você rica

figueira-rubaiyat

Quem me acompanha faz um tempo sabe que eu sempre quis jantar no famosinho Figueira Rubayat, restaurante tradicional em São Paulo que tem uma big e centenária árvore no centro do salão. Acho que muita gente tem ai no fundo a vontadinha de ir lá, no ano passado eu inventei um projeto chamado #30coisas antes dos 30 anos, eu criei uma listinha de coisas que eu queria fazer e tal, o Figueira era um dos itens mais legais, mas no final do projeto eu não realizei este item por que ninguém quis ir ($$) comigo.

Pausa pra falar que eu compartilho um monte de coisa lá no meu Instagram, você já me segue? (clique pra seguir! @tainasena)

Eis que em novembro surgiu a oportunidade de ir e numa situação mais legal ainda, sem pagar nada! Melhor coisa! Na verdade eu estava a trabalho, nós tínhamos organizado um fim de semana VIP para nossos clientes mais importantes, então, a noite acabaria com o jantar no Figueira Rubayat.

tainafigueira

O restaurante é mega legal, mas eu acho que fica muito mais no imaginário que tudo, a comida era super gostosa e tal, mas eu achei o serviço normal, espera algo mais sensacional sabe? Eu escolhi comer baby beef com batatas soufflées, eu sou apaixonada por esse tipo de carne, ah e teve as entradinhas, saladinhas finas, muito pão de queijo, queijos na mesa e pães variados. A comida é muito boa, bem gostosa e tal, mas não sei se o fato de eu ter ido com um grupo grande diminuiu o valor da experiência.

Leia também: Quanto custa jantar no Famiglia Mancini?

figueira

Bom, mas como o título deste post é Quanto Custa? Bora para o que interessa, saiba que você não vai sair de lá sem gastar o mínimo de 200 pila por pessoa. Por exemplo o prato que eu comi custa 120 + a bebida, eu bebi vinho, mas uma caipirinha não sai por menos de 30 e depois tem o maravilhoso buffet de sobremesas + 30 + serviço. Considerando que provavelmente teve algum reajuste de novembro pra cá, provavelmente hoje um jantar vai sair na média de 250 reais, se você levar a sua gatinha ou gatinho pra jantar já são 500 conto, ou metade de 1000 reais! He he he! Considerando que cada pessoa irá pagar seu jantar, acho que é um valor que vale a pena, sabe um dia especial? É nesse dia que você deve ir lá! Eu estou querendo experimentar o Kobe beef que é de uma raça japonesa e com alto nível de marmorização, mas ainda só nos planos!

www.rubayat.com.br

Confira mais:

Os 7 melhores restaurantes de São Paulo

Quanto custa jantar no L’Entrecôte d’ Olivier?    

 

Plugin creado por AcIDc00L: bundles
Plugin Modo Mantenimiento patrocinado por: posicionamiento web