/ of monsters and men

14out

Você não vai mais me fazer chorar

azul-a-cor-mais-quente

Adèle Exarchopoulos e Léa Seydoux em imagem do filme Azul é a Cor Mais Quente, de 2013

[Você pode ler esse texto ao som de Love, Love, Love, do Of Monsters and Men ♫]

Estive pensando em tudo que tivemos, em toda nossa história juntos. No tudo e no nada, nessa relação de troca e de orgulho que temos. E às vezes acho que tudo que tivemos foi tão lindo, mas ao mesmo tempo penso que não foi quase nada. Sabe? É como uma história não terminada.

Eu nunca estive tão certo de algo quanto estou agora, tanto que tenho muita certeza na gente, mas a mesma certeza que tenho que poderíamos ter tudo é a mesma certeza que tenho que podemos não ter nada. Imagina o nada daqui pra frente, o vazio e o espaço que ficará entre a gente? É para esse momento que estamos caminhando, é nessa via que estamos andando.

É estranho ver que você age de uma forma diferente nas palavras e nas ações. São duas pessoas ali, a que fala comigo e a que age. Gosto mais da que age, ela é mais real, não está cheia de frases prontas e de risos fáceis. Não está cheia de certezas, é bobo estar cheio de certezas. Quanto mais você mostra que tem razão e está certo, mas eu vejo o quanto está errado e o quanto estamos caindo.

adele-gif

Eu vejo as coisas que você faz, seu novo modo de agir e eu não entendo. Você não me deixa ir embora e não me quer por perto, enquanto isso estou aqui e não estou. Depois de tudo isso eu percebi que não devo fazer nada por você, é por mim que devo agir daqui pra frente. Se eu sofrer, chorar, ou decidir ser feliz será uma decisão apenas minha, você não tem culpa nisso. Você não tem mais importância nas minhas decisões, nem é o agente da minha derrota. Você será apenas um, enquanto não formos dois.

Sabe aquela coisa que sentimos no estomago que incomoda pra caramba e não nos deixa esquecer daquilo? Estou sentindo isso enquanto escrevo esse texto, mas quantas vezes eu já não senti o mesmo? A diferença é que dessa vez eu coloco tudo pra fora e isso me ajuda a esvaziar, vou ficando leve… Com a leveza eu já aprendi a lidar, só não sei o que fazer quando estou cheio demais.

Eu estive pensando em você e mesmo estando triste não choro mais. Eu pego essa tristeza e penso “ela não deveria estar aqui”, é nesse momento que eu esqueço a dor e vou esquecendo você. No dia que isso acabar, acabou tudo. E não sou eu quem sairá perdendo, pois eu já perdi tanto nesse jogo, que entre nós não tenho mais nada.

Na verdade eu não gosto de chamar isso de jogo, eu não estou jogando. Estou apenas seguindo aquilo que acho que seria certo pra mim, estou sendo fiel a mim e os meus sentimentos. Estranho seria se eu não fosse assim, não é?

Um dia alguém me falou que “não valia a pena chorar”, pensei em como isso era forte e cheguei até levar isso a sério por um tempo, mas outra pessoa me disse “não existe vergonha em chorar, chorar é bom”, depois de ouvir isso mudei completamente minha opinião sobre as lágrimas e hoje não tenho vergonha nenhuma, choro vendo filmes de meninas que cantam na universidade e depois dou risada.

O que eu quero dizer é que mesmo te amando, não consigo chorar por você, acho que todas as lágrimas já foram embora.

*Esse texto faz parte do projeto Eu, Você e Eles.

Plugin creado por AcIDc00L: noticias juegos
Plugin Modo Mantenimiento patrocinado por: posicionamiento web